Emissor gratuito ou pago? Qual a melhor opção?

Desde o ano de 2017 o emissor gratuito do Sefaz foi descontinuado. Essa responsabilidade passou a ser do Sebrae, que o disponibiliza para todos os estados do país. Totalmente gratuito.
Com a opção gratuita, por que eu devo pagar um sistema para emitir nota fiscal? Essa é uma das dúvidas que todo empresário tem ao entrar no mundo fiscal. A primeira decisão é não pagar um sistema para emitir nota fiscal, pois pensando na economia essa é a melhor opção. Porém existe algumas limitações que no final das contas acaba não compensando.
Vamos entender qual é a melhor opção:

 

O sistema gratuito não controla as demandas básicas de uma empresa como: Vendas, Compras, Estoque e Financeiro. Essa limitação faz com que não exista a automação e a integração dos processos, obrigando a empresa a ter controles paralelos para gerenciar suas informações.
Sabemos das limitações do sistema gratuito para emissão da nota fiscal. Agora vamos descobrir sobre o sistema para emitir nota fiscal pago, quais seus benefícios?
Com um sistema para emitir nota fiscal pago você encontra várias facilidades que irão beneficiar a gestão da sua empresa. Veja abaixo algumas:
Emite NF-E, NF-S, CT-E, SAT
• Cálculo automático de impostos
• Gera arquivos XML e PDF;
• Diminuição de erros de digitação e emissão;
• Envio automático dos arquivos para o e-mail do cliente;
• Possibilidade de extrair Relatórios mensais;
• Treinamento e Suporte Técnico.
• Segurança

Ele assegura que sua empresa não seja responsabilizada por possíveis falhas na geração das notas fiscais. Evitando problemas legais e financeiros.
Percebeu como um sistema pago pode trazer vários benefícios para sua empresa? Porém não são todos que oferecem os benefícios citados aqui.

Você precisa conhecer o ERP Mais Prático!
Ele oferece muito mais que a emissão da nota fiscal. É uma ferramenta completa para gestão da sua empresa. Confira.

Anterior

Próximo